Coloninha divulga sinopse 2013

SRC UNIDOS DA COLONINHA

CARNAVAL 2013

 

Mãe cuidadosa que forma cidadãos,

Coração terno, que responsabiliza,

Braço forte! Mas amigo…

 

– Policia Militar de Santa Catarina, 178 anos de serviços…

 

INTRODUÇÃO

Nosso povo, tem o privilégio de ter  instituições e corporações fortes, viris e oxigenadas. Que servem de modelo para outras similares, por este Brasil de meu Deus.

O mundo vem passando por grandes e necessárias transformações. As conquistas científicas e tecnológicas assombram a humanidade. Descobre-se e admite-se que não somos apenas matéria, a energia vital que permeia o tecido celular nos faz crer na perspectiva de um mundo, de homens e instituições muito mais humanizadas.

Houve um tempo, em que a população tinha medo das policias, pois as identificavam com os anos de chumbo da repressão.

O relógio do tempo badalou milhões de vezes e novos tempos chegaram trazendo  novas formas de mostrar, assegurar e garantir ao povo – cidadão, direitos antes negligenciados ou usurpados. Mas legítimos.

A sociedade e as instituições trataram de estabelecer um entendimento, buscando um só desejo, o da CONCÓRDIA, onde temos cidadãos que querem proteção e participação, e as instituições que buscam na humanização de seus integrantes RESPONDER AOS ANSEIOS DA SOCIEDADE, com compromisso e firmeza.

 

SINOPSE

No Carnaval de 2013, a Escola de Samba Unidos da Coloninha, trará para a avenida a história e a saga de uma instituição de importância relevante para a sociedade catarinense.

Quando completa 178 anos de existência, a Policia Militar de Santa Catarina terá sua trajetória e criação representada e apresentada no grande teatro a céu aberto em que se transforma a passarela do samba Nego Quirido, durante os festejos momesco.

A origem, a evolução, a modernização e a humanização  da instituição serão destaques na apresentação deste enredo.

Como diz a canção da Policia Militar:

“Na grandeza do nosso passado

Na bravura que o tempo guardou…”

“Onde faça mister a verdade

Onde faça mister a razão…”

Nossa corporação está atenta, conservando a austeridade necessária que enobrece a instituição.      Sem no entanto deixar de   buscar a modernização e humanização,tão necessária  nas relações “protetor e protegido”

Policia Militar de Santa Catarina, 178 anos de serviços a comunidade e a sociedade Catarinense .

 

ENREDO 2013

Obs. Alguns trechos do enredo para pesquisas dos compositores.

Quando o homem não pode errar…

Inspirada no treinamento do Batalhão de Operações  Especiais proteção  que são usadas por este grupo tático nas operações, de proteção e defesa do cidadão

inspiração…

Da guarda especial de El Rei de Portugal, surgiu a  nossa  Força Publica,depois Policia Militar

Irmão Sol Irmã Lua.

São estes elementos que ajudam a compor o magnífico cenário da natureza. Alimentam e energizam nosso planeta trazendo vida a todos.

…NA FLORIANÓPOLIS DE ONTEM  UM  GRANDE ACONTECIMENTO, A  POSSE  DO  NOVO COMANDANTE…

Cenas do cotidiano Ilhéu e do frenesi que causava a posse do novo comandante  na cidade. festividades em torno do acontecimento. Alferes Tiradentes, o patrono de todas a policias militares do país.

Na Província de Santa Catarina, na cidade de Desterro, nasce uma nova FORÇA…

Pegaaaaaaaaa, Pegaaaaaaaaaa, ladrão de galinha…

Na província de Santa Catarina e na cidade de Desterro, lá pelos idos de 1835, os tempos eram outros. A tranquilidade da cidade só era quebrada quando um indivíduo se atrevia a pegar algumas galinhas, coloca-las embaixo do braço e sair em disparada …

De poste em poste o ACENDEDOR DE LAMPIÕES,   iluminava a cidade…..

Nestes tempos existia um cidadão que sob o olhar vigilante da policia  militar  andava de rua em rua,  no centro da Desterro de então, dando  luz a cidade. Acendia os lampiões de rua que eram alimentados por óleo de baleia…

Pela moral e os bons costumes…

Nos idos dos anos 1800, 1900, as leis eram rígidas em relação a moral e aos bons costumes, os  trajes de banho dos frequentadores de nossas praias  deveriam ser recatados. Quem transgredisse pagava multa e era convidado a se retirar.

O CARNEIRO JASMIM…

Era costume as bandas militares terem seu mascote, e no caso da banda da Policia Militar  foi adotado um carneiro  de nome Jasmim, que custou aos cofres trinta mil réis. Foi treinado para  participar das paradas militares.

As policias  militares  tiveram como modelo de inspiração a guarda  real que dava proteção ao Rei de Portugal e mais tarde ao rei, no Brasil. Ao longo dos tempos esta guarda se transformou  na Força Publica e depois Policia Militar.

As noites na cidade de Desterro,tornavam-se mais sedutoras quando jovens  e belas “Polacas,” mulheres quase sempre de origem francesa, tornavam, estas  noites da província mais alegres. Além de trazer nova moda e costumes, que apesar de causar estranheza  aos mais conservadores provocavam  olhares e a cobiça de todos…Mas “INFELIZMENTE” elas não podiam entrar nos quartéis, e os que transgrediam eram punidos.

Pare lá! Soldado na gafieira, ESTRELA DA PRAIA, não pode frequentar…

Havia uma ordem de que os soldados não deveriam frequentar os lugares que não estavam de acordo com a moral vigente na época. Os que transgrediam eram convidados  a tirarem umas “férias” no quartel da guarnição.

Sacerdotisas da Deusa Gaia apelo a deusa Gaia ou Géia, protetora da natureza para inspirar a todos para  que preservem o meio ambiente sempre  tão ameaçado.

–O jardim do Éden é aqui.

Pela preservação do meio ambiente…A sabedoria indígena já dizia “não sujes a cama onde dormes,pois um dia poderás  morrer nela.” Somos todos responsáveis.Preservar o meio  ambiente  é tarefa   também nossa.Nossas reservas  florestais,nossos mananciais  a flora e a fauna  são verdadeiros tesouros que devem ser zelados por todos nós. Nossa policia Ambiental, realiza um trabalho incansável de esclarecimento, educação e proteção deste meio ambiente que é vital para a preservação da espécie humana.

Animais, bichos da nossa fauna,  que normalmente são alvos da caça predatória,dançam livremente  comemorando a liberdade.

Pinguins e baleias

A Participação da  Força Policial,nos conflitos regionais.

Nos anos de 1835 – 1845 eclodiu a Revolução Farroupilha, também chamada Guerra dos Farrapos, no Sul do país.

A Força Policial Catarinense esteve de prontidão para defender a cidade de Desterro contra a eminente invasão das tropas revolucionárias. Nossa Força Policial sempre foi solicitada para somar esforços às forças federais.

 

A Tríplice Aliança, na guerra do Paraguai.

Quando o Paraguai se achou no direito  de invadir  terras Brasileiras,Uruguaias e Argentinas,a Força Policial Catarinense  também lutou na defesa e preservação do nosso território.

Revolução Getulista…1924 e 1930.

Um fato marcante neste período foi a ação da Força Pública de Santa Catarina, que retirou  boa parte das  tábuas do piso da Ponte Hercílio Luz,para impedir ou dificultar a invasão da Ilha pelas forças Getulistas.

No centenário de nossa Policia Militar grandes  festividades  marcaram esta data

Um dos eventos marcantes, que encerrou estas festividades foi um grande baile de gala  nos salões do Clube Doze de Agosto

De uma linda homenagem, a tristeza de uma tragédia.

Nossa Polícia estava em festa, era o dia 28 de novembro de 1961, inaugurava novas instalações, formava novos oficiais e os novos Sargentos recebiam suas divisas. De passagem por Florianópolis a ESQUADRILHA DA FUMAÇA, foi convidada a prestar uma homenagem aos Milicianos Catarinense. Devido ao bom relacionamento da PM com a FAB, este pedido foi prontamente atendido. Lamentavelmente durante as acrobacias,quando a Esquadrilha desenhava a figura de um TREVO de 04 folhas, dois aviões colidiram e um deles veio ao chão caindo no Largo Benjamim Constant, conhecido até os dias atuais como PRAÇINHA DO AVIÃO. Hoje prestamos uma homenagem ao 1º Tenente aviador Durval Pinto Trindade. E  buscamos resgatar aquele dia que deveria ser só ALEGRIA.

 

A presença feminina, que acrescentou a Policia Militar, muito  mais charme.

Nossa policia militar incorporou as suas fileiras a policia feminina, o que trouxe muito mais SENSIBILIDADE, charme  e beleza  à corporação.

festeja o Sesquicentenário da POLICIA  MILITAR.

As comemorações são intensas. Damas e Cavalheiros, vestem-se com seus trajes mais requintados para comemorarem  os 150 anos  da nossa Policia Militar.

NA ALEGRIA E NA FOLIA OS OLHOS ATENTOS E “TÁTICOS” NO ZELO POR TODOS…

Nas grandes festividades nos grandes movimentos, estão sempre presentes os olhos camuflados, que previnem e protegem, pois a ordem é deixar brincar, mas sempre, cuidar.

 

EDUCAR PARA RESISTIR, DIZER NÃO, É A  LIÇÃO…

PROERD, Programa Educacional de Resistência as Drogas, é uma ação de grande importância social, ensina nossas crianças a dizerem NÃO aos males das drogas e também do bulling.

Equoterapia, A terapia que resgata sorrisos e movimentos.

Em mais uma atividade, em parceria, com a comunidade da nossa Policia Militar, a equoterapia se destaca como uma inovadora terapia, que resulta em melhor qualidade de vida  aos beneficiados e participantes do programa.

Nas escolas da vida buscamos formar cidadãos. Ao mantermos em nossa escola, Unidos da Coloninha, um grupo de jovens adolescentes em permanente treinamento na arte de bailar, objetivando serem futuros mestres – salas e porta –bandeiras. Sabemos que além de estarmos preservando a tradição deste casal tão especial em uma escola de samba. Estamos também fazendo nossa parte no auxilio as instituições que preservam a ordem e a segurança. Nossos jovens ocupam seu tempo ocioso a aprender o bailado das portas bandeira e a corte dos mestres- sala.

– UM NOVO TEMPO,…NA HUMANIZAÇÃO E NA INFORMATIZAÇÃO DA INSTITUIÇÃO,UM NOVO OLHAR SOBRE NÓS.

 

O POERD, o adestramento de CÃES e a equoterapia se destacam 

BIBLIOGRAFIA.

RANGEEL,José Correia. “As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786.” Florianópolis, UFSC, 2011.

BASTOS JUNIOR, Edmundo Jose de.”O Caso dos Treze e outras histórias” Florianópolis:Insular,2011

Bastos Júnior, Edmundo José de. Policia Militar de Santa Catarina: história e histórias. Florianópolis: Edit. Garapuvu, 2006.312p.

Site: www.pm.sc.gov.br…

Para maiores detalhes contactar com o autor do enredo Sidnei José Garcia

 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

One comment

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *