Consulado já tem samba para o carnaval de 2014

DSC00215Após uma bela disputa que marcou a volta dos concursos de samba abertos ao público na quadra da Consulado, a vermelho-e-branco definiu na tarde de hoje seu samba-enredo para o carnaval de 2014. Sagrou-se vencedora a parceria de Victor Alves, Tabajara Ortiz, Wilson da Silva e Marlon Laurindo.

Dos sete sambas inicialmente inscritos, três foram classificados para esta final. O primeiro samba a se apresentar foi da parceria de Ricardo, Casinha e Betinho. Os compositores, vencedores em 2011 – Dança -, mobilizaram uma grande torcida, com muitas bandeiras e entoando principalmente o refrão de fácil assimilação, ponto alto deste samba. Ricardo e Mará dividiram a função de intérpretes principais deste samba.

Clique aqui e relembre os sete sambas inscritos na Consulado

Antes da apresentação do segundo samba, um problema na mesa de som provocou um intervalo de cerca de meia hora. Resolvida a situação, foi a vez da parceria campeã subir ao palco. Alan Cardozo defendeu o samba, acompanhado de Éder, Petoco e dos compositores gaúchos Tabajara Ortiz e Wilson da Silva. Vencedores em grandes escolas de Porto Alegre, traziam no rosto a alegria pela participação no carnaval de Florianópolis. Nas cordas, estavam os cavacos de Sequinho e Marcelinho. A torcida, menor que a do primeiro samba, cantou com força os dois refrões e já esboçou uma marcação de palmas no verso “firma na palma da mão”, que após o anúncio do vencedor contagiou toda a quadra e promete virar mania nos ensaios.

Ainda neste feriadão: vídeos do samba vencedor durante o concurso e após o anúncio do resultado.

O terceiro samba, de Ezequiel do Cavaco, Evandro Malandro, Jacson do Cavaco, Wilson Bizzar e Leleco da Ilha, teve Márcio Martins como voz principal. Mesmo sem torcida, o samba fez uma boa apresentação. Porém, o protagonismo da final ficou para os dois primeiros sambas, que claramente dividiram a preferência do público presente e de segmentos da escola.

Encerradas as apresentações, começou o show da Consulado, com a Bateria Ordinária, intérpretes, casais de mestre-sala e porta-bandeira e um impecável grupo de passistas. Registre-se um lesa-tradição: em vez de fazer a despedida do hino do último carnaval, como é praxe em disputas de samba, a agremiação optou por uma longa apresentação ao som do samba de 2011.

Terminava a tarde quando foram chamados ao palco os compositores concorrentes e diretores da escola. Após breve discurso em que o presidente Valcione Furtado enfatizou a necessidade de união da escola em torno do samba que, nas suas palavras, “agora é de todos nós”, Gilsinho, intérprete da Vila Isabel (RJ), foi anunciado como novo intérprete da Consulado. Já subiu ao palco cantando versos do samba vencedor: “renasce a raiz numa nova era / eu sou Consulado que não se entrega!”. E fez-se uma grande festa ao som do novo samba na quadra do Caeira.

Ashantis – os filhos de Akhan e a força que vem do berço
(Victor Alves/Tabajara Ortiz/Wilson da Silva/Marlon Laurindo)

Dizia o som do tambor, feito um grito de guerra
Que, um dia, banhada de ouro, floria a terra
E o povo… batalhava por um sonho em “expansão”
A arte… se “talhava” sentimento em suas mãos
Entre douradas florestas
Se manifesta o sobrenatural
A natureza em orquestra
Encontra em Nyame a cura pro mal

O tambor a falar… do amanhã
Cuide bem dessa boneca para ser seu talismã
O tambor a falar… vem ouvir
Trago um enfeite de ouro pra te ver sorrir

Cultivar na teia que Anansi teceu
Ver florescer a tradição e estampar um sonho seu
Tingindo em seda a riqueza
Nas cores da realeza
E o tamborete de ouro de seus ancestrais
(Guerreiros não morrem jamais!)
Da Europa, a ganância cruzou o mar para encontrar
O tesouro sagrado e fez meu império chorar
Valente, meu povo montou guarda e resistiu!
Das bravas guerreiras, coragem se viu
Hoje tua saga é história
Na floresta, ainda ecoam suas glórias

Corre no sangue o batuque, firma na palma da mão
Sou Ashanti do Caeira, levanto a poeira do chão
Renasce a raiz numa nova era
Eu sou Consulado que não se entrega

 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

2 comments

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *