6 comments

  1. Não sei se vocês, mais pra mim, o Mará é muito, muito, muito, melhor do que esse intérprete.
    Aliás o Tiganá, vais enganar vocês #CopaLord… #SeLiga!

    1. Rodrigo Lins quando fui contratado pela Copa Lorde já vim sabendo que iria substituir uma pessoa que estava a 10 anos na escola e é muito querido pela comunidade, infelizmente não tive a oportunidade de conhecer o Mará mas espero um dia conhecer. Alias Rodrigo Lins antes de vc dizer que uma pessoa irá enganar vc tem que pelo menos conhecer o trabalho dela. Quando ao episodio das passistas eu realmente não sabia que iria acontecer esse apresentação e no mesmo dia me desculpei com o responsável (Léo), eu não sei quem vc é mas desde já lhe agradeço pela critica e vc só é mais um e fazer esse trocadilho sem noção…

      Dia 28/02 vc vai saber quem é o TIGANÁ, mas desde já deixo meu reliase p/ vc RODRIGO LINS.

      TÔ MENTINDO? EU FALO MESMOOOO!!!!!!

      INTERPRETE TIGANÁ

      Nome completo: Alessandro Jorge Theófilo de Souza , nascido em: 25/10/1982

      Tiganá começou a gostar de música desde cedo, por influência de sua mãe, que o levava para teatros, shows, bailes! Então foi crescendo e respirando música.

      Em Nova Iguaçu, no bairro Bandeirante onde nasceu e morou até a passagem dos 26 para 27 anos, havia uma agremiação, a G.R.E.S. Unidos do Bandeirante, onde Tiganá teve sua primeira experiência com samba-enredo. Começou na bateria tocando tamborim, passando para o naipe de caixas e depois tocando marcação. Nessa mesma época se tornou intérprete da G.R.E.S. Flor de Iguaçu e depois foi contratado pela G.R.E.S. Acadêmicos do Boi (escolas de samba da cidade de Nova Iguaçu). Fez parte, também, da bateria da Leão de Nova Iguaçu, que tinha, na época, como mestre, Mestre Birinha. Fez parte do naipe das marcações (tocando surdo de terceira), e teve a oportunidade de fazer o pedal do carro de som da escola no ano de 2003, quando a mesma tinha como intérprete oficial Pixulé. Em 2004, foi chamado para defender um samba concorrente na escola, e teve a felicidade de se sagrar campeão na disputa.

      Então Pixulé – ao qual Tiganá agradece muito – o convidou para fazer parte, junto com ele, do carro de som da escola, no mesmo ano. Com a saída do Pixulé da escola em 2005, a escola precisava de um novo intérprete, e o próprio Pixulé mesmo o indicou para o seu lugar. Com isso, Tiganá teve uma grande oportunidade de comandar o carro de som da Leão de Nova Iguaçu no desfile do Grupo de Acesso B, onde ficou até 2007. Saiu brevemente da escola, mas retornou no ano de 2009.

      Paralelamente, em 2006, houve a chance de entrar para o carro de som da Portela, mais uma vez indicado por Pixulé, que já fazia parte do grupo de cantores da escola. Com a Portela, ganhou a oportunidade de viajar para vários lugares do Brasil e do mundo (Cuba). Ficou na escola até 2009 cantando junto com Gilsinho (intérprete oficial da escola).

      Tiganá foi integrante do carro de som da G.R.E.S. Renascer de Jacarepaguá de 2007 a 2010 e hoje está na Vila Isabel e Inocentes de Belford Roxo como segundo intérprete, tendo o prazer de cantar ao lado de Tinga e Celino Dias respectivamente. Também foi contratado pela União de Jacarepaguá como intérprete oficial da escola para o ano de 2010, onde dividiu a responsabilidade com Diego Nicolau (vídeo do desfile 2010: http://www.youtube.com/watch?v=W8M4ESTGJks). Para 2011, continuará na escola como único intérprete oficial. No mesmo ano, estreou no carnaval virtual da LIESV defendendo a Bohemios Samba Club.

      Nas palavras de Tiganá: “Vivo da música… Vivo pra música… Tô Mentindo? Falo Mesmo!”.

      2004 – Leão de Nova Iguaçu (apoio do Pixulé)
      2005 – Leão de Nova Iguaçu (intérprete oficial)
      2006, 2007 e 2009 – Leão de Nova Iguaçu
      2006 a 2009 – Portela (apoio do Gilsinho)
      2008 a 2010 – Renascer de Jacarepaguá (apoio do Rogerinho Renascer)
      Desde 2010 – União de Jacarepaguá (intérprete oficial, ao lado de Diego Nicolau, e solo a partir de 2011)
      Desde 2010 – G.R.E.S. Acadêmicos do Boi (Carnaval de Nova Iguaçú)
      2011 – Inocentes de Belford Roxo (apoio de Celino Dias)
      2012 – Inocentes de Belford Roxo (apoio de Thiago Brito)
      2012/ 2013 – Estação Primeira do Pantanal (Corumbá-MS)
      2011 – Bohemios Samba Club (carnaval virtual)
      2012 – Paraíso da Folia (carnaval virtual)
      Atualmente na União da Ilha do Governador 2° ano (apóia de Ito Melodia)

      .
      GRITO DE GUERRA: Tô Mentindo? Eu Falo Mesmo!
      .
      CACOS DE EMPOLGAÇÃO: “I a í” ; “Alegria!!” ; “Vamos embora!!” ; ” É tudo nosso!!” ; Olha a (nome da escola) aí ;” Todo mundo!!”; “O clima é esse!!”; ” Bateria nota 10 “.
      .
      SAMBAS DE SUA AUTORIA: Ganhou um samba em 2007 na escola G.R.E.S Imperial do Morro Agudo e a escola se sagrou campeã do grupo E.

  2. Deixo pra vc também meu histórico Renata

    INTERPRETE TIGANÁ

    Nome completo: Alessandro Jorge Theófilo de Souza , nascido em: 25/10/1982

    Tiganá começou a gostar de música desde cedo, por influência de sua mãe, que o levava para teatros, shows, bailes! Então foi crescendo e respirando música.

    Em Nova Iguaçu, no bairro Bandeirante onde nasceu e morou até a passagem dos 26 para 27 anos, havia uma agremiação, a G.R.E.S. Unidos do Bandeirante, onde Tiganá teve sua primeira experiência com samba-enredo. Começou na bateria tocando tamborim, passando para o naipe de caixas e depois tocando marcação. Nessa mesma época se tornou intérprete da G.R.E.S. Flor de Iguaçu e depois foi contratado pela G.R.E.S. Acadêmicos do Boi (escolas de samba da cidade de Nova Iguaçu). Fez parte, também, da bateria da Leão de Nova Iguaçu, que tinha, na época, como mestre, Mestre Birinha. Fez parte do naipe das marcações (tocando surdo de terceira), e teve a oportunidade de fazer o pedal do carro de som da escola no ano de 2003, quando a mesma tinha como intérprete oficial Pixulé. Em 2004, foi chamado para defender um samba concorrente na escola, e teve a felicidade de se sagrar campeão na disputa.

    Então Pixulé – ao qual Tiganá agradece muito – o convidou para fazer parte, junto com ele, do carro de som da escola, no mesmo ano. Com a saída do Pixulé da escola em 2005, a escola precisava de um novo intérprete, e o próprio Pixulé mesmo o indicou para o seu lugar. Com isso, Tiganá teve uma grande oportunidade de comandar o carro de som da Leão de Nova Iguaçu no desfile do Grupo de Acesso B, onde ficou até 2007. Saiu brevemente da escola, mas retornou no ano de 2009.

    Paralelamente, em 2006, houve a chance de entrar para o carro de som da Portela, mais uma vez indicado por Pixulé, que já fazia parte do grupo de cantores da escola. Com a Portela, ganhou a oportunidade de viajar para vários lugares do Brasil e do mundo (Cuba). Ficou na escola até 2009 cantando junto com Gilsinho (intérprete oficial da escola).

    Tiganá foi integrante do carro de som da G.R.E.S. Renascer de Jacarepaguá de 2007 a 2010 e hoje está na Vila Isabel e Inocentes de Belford Roxo como segundo intérprete, tendo o prazer de cantar ao lado de Tinga e Celino Dias respectivamente. Também foi contratado pela União de Jacarepaguá como intérprete oficial da escola para o ano de 2010, onde dividiu a responsabilidade com Diego Nicolau (vídeo do desfile 2010: http://www.youtube.com/watch?v=W8M4ESTGJks). Para 2011, continuará na escola como único intérprete oficial. No mesmo ano, estreou no carnaval virtual da LIESV defendendo a Bohemios Samba Club.

    Nas palavras de Tiganá: “Vivo da música… Vivo pra música… Tô Mentindo? Falo Mesmo!”.

    2004 – Leão de Nova Iguaçu (apoio do Pixulé)
    2005 – Leão de Nova Iguaçu (intérprete oficial)
    2006, 2007 e 2009 – Leão de Nova Iguaçu
    2006 a 2009 – Portela (apoio do Gilsinho)
    2008 a 2010 – Renascer de Jacarepaguá (apoio do Rogerinho Renascer)
    Desde 2010 – União de Jacarepaguá (intérprete oficial, ao lado de Diego Nicolau, e solo a partir de 2011)
    Desde 2010 – G.R.E.S. Acadêmicos do Boi (Carnaval de Nova Iguaçú)
    2011 – Inocentes de Belford Roxo (apoio de Celino Dias)
    2012 – Inocentes de Belford Roxo (apoio de Thiago Brito)
    2012/ 2013 – Estação Primeira do Pantanal (Corumbá-MS)
    2011 – Bohemios Samba Club (carnaval virtual)
    2012 – Paraíso da Folia (carnaval virtual)
    Atualmente na União da Ilha do Governador 2° ano (apóia de Ito Melodia)

    .
    GRITO DE GUERRA: Tô Mentindo? Eu Falo Mesmo!
    .
    CACOS DE EMPOLGAÇÃO: “I a í” ; “Alegria!!” ; “Vamos embora!!” ; ” É tudo nosso!!” ; Olha a (nome da escola) aí ;” Todo mundo!!”; “O clima é esse!!”; ” Bateria nota 10 “.
    .
    SAMBAS DE SUA AUTORIA: Ganhou um samba em 2007 na escola G.R.E.S Imperial do Morro Agudo e a escola se sagrou campeã do grupo E.

  3. Mará vai deixar saudade? Vai, com certeza. Era uma pessoa querida dentro da escola.

    Mas tem que deixar o intérprete que chega trabalhar, e não criticar logo na primeira apresentação. Temos que entender que o Mará se tornou ”a cara” da Copa e quando colocamos outra pessoa no lugar, obviamente, vamos demorar para nos acostumar. Isso não faz do Tiganá um mau interprete.
    Amo o carnaval, acompanho e escuto samba 24 horas por dia, 364 dias por ano. Acompanho o trabalho do Tiganá desde 2010 na União de Jacarépagua, belíssimas interpretações com sambas não tão bons assim. É um bom intérprete, devemos dar tempo e deixá-lo trabalhar.

    Tiganá, siga seu trabalho, você tem potencial e vem mostrando isso.

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *