Floripa – Conheça o enredo 2018 da Império Vermelho e Branco

imperio-1
Imagem do desfile 2016 da Império Vermelho e Branco – Crédito Foto: Liesf

A escola de samba do grupo de acesso do Carnaval Florianopolitano Império Vermelho e Branco divulgou nesta terça o enredo para o Carnaval 2018.

De autoria do Carnavalesco Oziene Furtado, o mesmo se intitula “Pra te dizer que falei de flores”.

Veja a logomarca oficial do enredo:

IMG_20170904_151236_532

Agora leia a sinopse na íntegra

PROPOSTA DO ENREDO

FALAR DAS FLORES,EXALTANDO TODA SUA BELEZA E IMPORTÂNCIA EM FATOS IMPORTANTES DA HISTORIA MUNDIAL.FLORES QUE COM TODO SEU ENCANTO,SÃO FONTE DE INSPIRAÇÕES PARA CANÇÕES E BELAS POESIAS E QUE ENCANTAM AOS OLHOS DAQUELES que a apreciam.

BREVE HISTÓRICO: Pra te dizer que falei das flores. Flores que enfeitam exalam perfume e sensibilidade,cores num misto de carinho e sedução. Flores!Ah se as rosas falassem! Diriam que são o símbolo maior do amor e paixão.

Flores que através dos tempos escreveram na história, lindas passagens em contos apaixonantes.

Jóia rara encontrada há muitos no fundo do mar, floresceu em solo firme sua essência e espalhando no mundo através dos tempos, um doce aroma que até hoje influi em nossas vidas.

Em sua passagem pela história influenciou gerações,criando mitos e Lendas como a bela Flor de lótus usada pelo povo Indiano como símbolo místico em seus rituais.

Flores que nas lendas africanas eram ofertadas nos rios e cachoeiras em homenagem a Deusa do amor e riqueza, Oxum que, em troca nos oferta uma vida cheia de amor e felicidade.

Flores branca ofertadas à Oxalá,enfeitando seu reinado com o doce perfume da paz!

E para Yemanjá flores jogadas ao mar com pedidos de uma vida cada vez melhor. Cheia de paz!

Símbolo maior de Maria, flor de maio, de mãe, que representa o maior dos carinhos universais!

De uma rara beleza, encontramos nas flores inspirações para canções e poesia, num gesto carinhoso, compõem-se belas obras.

Expressas em letras e notas musicais que embalam os corações mais apaixonados.  Belas são as notas cifradas pelo nosso saudoso Cartola em sua composição ÄS ROSAS NÃO FALAM¨.

 

Imaginem não falar das flores na primavera, que num toque de mágica pincelam de belas cores e perfume o mais singelo dos jardins, cenário para um belo espetáculo, onde borboletas e beija-flores bailam entre elas, espalhando pelo ar, que estarão florescendo em algum lugar do planeta.

Aromas inebriantes, apaixonados onde um belo arranjo de bouquet ornamentados com flores de laranjeiras traz sorte a aquela que na mão o obter. É o doce perfume que a noiva exala ao subir no altar com seu amado.

É Por isso que falo das flores. Sempre!

Oziene Furttado

Autor do Enredo

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *