Joaçaba – Ouça as gravações oficiais dos sambas do Carnaval de Joaçaba 2017

liesjho

Ouça as gravações oficiais dos sambas do grupo especial do Carnaval de Joaçaba e Herval d´Oeste.

Não há até o presente momento um CD oficial desse Carnaval; logo, cada agremiação realizou sua própria gravação oficial.

Vale frisar que a Vale Samba não desfilará em 2017 e a Unidos do Herval gravará sua faixa no próximo dia 15.

1 – Aliança

Enredo: Viajei, Joias busquei.. Com as pedras verdes sonhei (Autor: Carlos Fett)

Autores do samba:

Intérprete:

De pedras preciosas vou me enfeitar
Viajar com seres da mitologia
Ver a humanidade com elas caminhar
Buscar jóias de encanto e magia
Olha lá, Rei Salomão…Olha lá!
Os presentes da Rainha de Sabá
Com o conquistador naveguei
Na América então cheguei
Busquei ouro, prata, riquezas mil
Sonhei com o tesouro do Brasil

Seduz…Faz o desejo despertar
Beleza que derrete corações
Reluz…Brilha no olhar
Surpresa que provoca emoções

O Reino das Pedras Verdes o índio revelou
Na lenda…acreditei…bandeirante eu sou
Avanço pelas matas de riquezas minerais
Índios, cascatas, perigosos animais
O vento sopra…as folhas movem
Do céu, esmeraldas chovem
Tilintou (tilintou)…ecoou (ecoou)
O sonho verde está lá
O tilintar das pedras me fez despertar

A ALIANÇA é Jóia Rara na passarela
Vem linda! Vem bela! Não é de ouro!
Mas hoje quem reluz É ELA.
Meu tesouro.

1 – Acadêmicos do Grande Vale 

Enredo: “O Planeta Água está em nossas mãos (Autor: Jorge Zamoner)”

Autores do samba: Vinydacor, Nando do Cavaco, Xandinho Nocera, Leanndrinho LV, Thobias Freire, Diley Machado e André Filosofia

Intérprete: Vinydacor

Hoje as águas vão rolar, chuê, chuá
De vermelho e branco eu vou, eu vou que Vou
Lavando a alma na folia
Vem quem vem a Academia meu amor

Um clarão na imensidão
Energia que emana do céus
A Pura essência de vida
No ventre sagrado germina
Presente de Deus!
Banhando a humanidade
Marcando seu nome na história
Em cada civilização
Faz parte da evolução
Sempre em comunhão com a natureza
Um oceano de riquezas

Índio canta, bate o tambor
Em rituais pra agradecer
Essa dádiva divina
Essencial para o nosso viver

Meu Deus!
Por que tanto desamor?
A ganância e o Rancor
Causam a devastação
É hora de despertar a consciência
Com mais amor no coração
Em Prol da preservação
Assim o planeta vai agradecer
E uma nova era florescer
Na mais pura fonte de inspiração
Minha escola cristalina paixão!

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *