Porto Alegre – Conheça os sambas finalistas da Acadêmicos de Gravataí

Desfile Grupo Especial - Acadêmicos de Gravataí
Desfile Grupo Especial – Acadêmicos de Gravataí 2016 – Crédito: PMPOA

A escola de samba Acadêmicos de Gravataí divulgou nesta semana os sambas finalistas do seu concurso de samba enredo 2017.

Como se sabe, a Onça Negra de Gravataí desenvolverá o enredo homenageando os 100 anos do renomado artista Abelardo Barbosa (Chacrinha).

Sete obras se inscreveram no concurso e três passaram pra final. A escolha é feita via audição de CD.

Conheça as obras:

Samba 3 -Rafael Tubino, Viny Machado, Thiago Sukata, Wilson Bizzar, Evandro Malandro, Igor Vianna, André Kaballa e Thiago Meiners.

Intérprete: Evandro Malandro

 

Samba 4 – Autores:  Vinicius Souza, Douglas Ananias, Allison Santiago, Marcelo Trindade e Gabriel Trindade

Intérpretes:
Anderson Luiz, Everton Rataescki e Dodô Ananias

Alô, alô!
O rei da alegria chegou!
Sou gravataí, nossa festa já começou
Vai ter, vem ver tropicalia e confunsão
Na nossa aldeia
Chacrinha é inspiração

Em minhas recordações, os pés descalços,
desbravando o meu sertão
Da vaquejada a são joão,
No cangaço a fanfarra, cordeleiro cirandei
Nordestiando lindas paixões
A medicinia experimentei
Me formei doutor da alegria
Nas ondas do rádio a felicidade em meu povo encontrei

E na chacrinha eis a questão:
Até quem era Maria, virava João
Preste atenção na cabeleira do zezé
Será que ele é? Será que ele é?

No circo da televisão,
Trouxe alegria, ao meu país
Com Mazzaropi, o caipira genial,
Na hora gol quem vai quer bacalhau?
Quem não se comunica, se trumbica
E hoje no samba virei poesia
Pra nos livrar dessa repressão
A minha carta escolhi, o jogo eu banquei
Roda, e avisa que a onça negra chegou
Oh Terezinha, anunciai Vosso Rei
O mestre da comunicação
Velho guerreiro Serás eterno no meu coração

Samba 5 – Autores: André Filosofia, Vinydacor, Leanndrinho LV, Nando do Cavaco, Xandinho Nocera, Diley Machado, Leandro Bata´s, Thobias Freire e Thiago Tarlher

Intérprete: Darlan Alves Carneiro (oficial da X9 Paulistana – Carnaval de SP)

Vem que a festa começou, pode aplaudir
A Onça Negra chegou Gravatai!
A emoção vai rolar, é tão bom recordar:
O Velho Guerreiro vem aí!

Sou eu um palhaço sonhador
Que a arte inspirou
Regendo o meu caminhar
Quanto orgulho de ser sertanejo
Em meu povo busquei o lampejo
Para a alegria espalhar
Festas, retratam a cultura que fascinação
De braços abertos o Redentor “me abraçou”
E fiz morada pro meu coração

Nas ondas do rádio, “As águas vão rolar”
O “Estúpido Cúpido” veio me flechar
Mas o “Coração de luto” de amor não quer saber
Nessa folia quero é me perder

Ouça minha dica para não “se trumbicar”
Lá no Rancho o caipira te faz gargalhar
“Malabareando o bacalhau”,
Espalhei alegria e espantei o mal
Aplausos à rebeldia da Nação
Aqui está um “Abacaxi” pra repressão
E no Cassino pode acreditar:
A sorte está no ar!

Ó Terezinha, Ó Terezinha
É um barato a buzina do Chacrinha

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *