Rio: Morre Shangai, o mago do alumínio

Imperatriz Leopoldinense 2013

O carnaval carioca perdeu um de seus mais brilhantes artesãos. Faleceu neste domingo o carnavalesco Shangai Fernandes, aos 61 anos, vítima de um enfisema pulmonar. Conhecido pelo minucioso trabalho com peças de alumínio, o artista foi quatro vezes campeão do carnaval pela Beija-Flor, onde integrou a comissão de carnaval entre 1998 e 2005.

Em 1998, a Beija-Flor não vencia o carnaval havia 15 anos. Com a saída do carnavalesco Milton Cunha, optou-se por uma solução até então inédita: uma comissão de carnavalescos, dividindo a criação, sob o comando do diretor de carnaval Laíla. Shangai fez parte da equipe que se sagrou campeã com “Pará, o mundo místico dos caruanas nas águas do Patu-Anu” e marcou época nos desfiles das escolas de samba. Nos anos seguintes, quatro vice-campeonatos (de 1999 a 2002) e um tricampeonato (de 2003 a 2005) transformaram a Beija-Flor na mais poderosa escola de samba do Rio de Janeiro.

O carnavalesco Shangai faleceu neste domingo, aos 61 anos
O carnavalesco Shangai faleceu neste domingo, aos 61 anos

Nos últimos dois carnavais, Shangai brilhou pelos trabalhos nos abre-alas da Imperatriz Leopoldinense. Em entrevista à Revista Alumínio, o carnavalesco comentou seu trabalho: “Uma das principais vantagens em lidar com o alumínio é a propriedade em termos de brilho e a possibilidade de mudar de cor com a luz. Ele não absorve, reflete”. O abre-alas de 2013 foi confeccionado por uma equipe de 25 funcionários em 4 meses de trabalho. Ao todo, 2 mil folhas compuseram uma floresta de alumínio, além de chapas de 0,5 cm trabalhadas manualmente que revestiam a coroa e esculturas de cavalos.

Em 2013, Shangai foi um dos homenageados pela Acadêmicos do Cubango, no Grupo de Acesso. O enredo “Teimosias da Imaginação” levou para a Sapucaí a obra de grandes artistas brasileiros desconhecidos pelo grande público.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

4 comments

  1. Manaus tb está de luto. Perdemos o carnavalesco incomparável e o amigo querido. Estamos tristes… muito tristes. Descanse em paz GRANDE SHANGAI. Seus amigos amazonenses.

  2. Foi uma honra trabalhar. com o Carrinho, o grande mestre Shangai … esses três anos com ele foi uma escola pra mim …. obrigado por me ensinar a magia do metal … Shangai um dia. vou mostrar seu trabalho através das minha mão …

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *