Saindo do Casulo – Embaixada Copa Lord

COPA 1
“RESGATANDO AS RAÍZES DO MORRO ATRAVÉS DO VOO DE NOSSAS PEQUENAS BORBOLETAS”

 

Ao assumir em agosto de 2012 a coordenação de Passistas da referida agremiação, uma avaliação negativa: um numero irrisório de meninas da comunidade estavam envolvidas com o setor e poucas se candidatando a corte da escola e mesmo com um grande empenho desta coordenação em fazer este resgate durante seis meses os resultados não foram satisfatórios, aparecendo duas ou três meninas apenas em um grupo de sambistas que somavam quase sessenta  componentes . Tendo em vista este agravante e pensado na ideia da atual  gestão que primava o resgate das raízes do MORRO, começou a surgir a ideia da criação da Ala/ projeto. Em outubro de 2013 com o avanço da confirmação da ocorrência do carnaval de Florianópolis iniciou o amadurecimento da ideia pela coordenação em nome de Cinthia Rosa que contou com apoio primordial e impar da Secretária da escola de Samba Andernise Francisco moradora do Monte Serrat e mãe, que em meio as conversas informais no caminhos do Mont Serrat foi parceira na idealização deste sonho.

            O conceito do projeto brota no intuito de trazer das raízes essa reeducação no samba, tendo como finalidade a inserção das crianças e adolescentes da comunidade nesta caminhada, levando em consideração que o crescer neste ambiente cultural trará mais oportunidade de termos este sonho almejado, além de quebra com os paradigmas sociais que outrora fizeram com que esta participação efetiva de membros da comunidade fosse se perdendo ao longo dos anos.

            O projeto que fora lançado no Carnaval 2014 e ainda vem se adequando conforme necessidades e demandas, agregou um leque de “mini talentos” e tem trazido lindos frutos de satisfação à diretoria e comunidade Copalordense, além de admiração de toda a sociedade carnavalesca. O projeto, além disso, deu abertura aos pequenos sambistas não oriundos no Mont Serrat, dentre filhos/ netos/ sobrinhos de amantes da Copa Lord  o que deixou o grupo ainda mais completo e coeso.

As pequenas beldades com idade entre 06 e 12 anos vem ensaiando assiduamente na sede da escola sob o comando do coreógrafo Ian Pantera e excelente organização de mães/ diretoras, além de embelezaram duas vezes por semana os ensaios na Arena Copa Lord no Centro de Florianópolis e participarem  de programas televisivos.

copa 2Este ano a Embaixada Copa Lord levará para a Avenida 40 mini beldades que sem sombra de duvidas darão um show a parte e trarão ainda mais luz a nosso desfile. Dentro de enredo elas representarão as “o samba do amanhã”, não poderia ser mais original tal reprodução.

O projeto terá continuidade durante o ano com oficinas de samba, o curso será pautado na arte da dança do samba, onde as alunas não aprenderão apenas a sambar, mas como ter postura, elegância, graciosidade, como entrar e sair da avenida e palco além que aprenderem o ideário cultural do carnaval e as raízes de sua agremiação. O intuito é que as aulas sejam ministradas por grandes nomes do samba que permanecem ou fizeram história na EMBAIXADA DE NOSSOS CORAÇÕES.

Além de oportunizar aos infantes alternativas de protagonizar histórias distintas das comumente encontradas nas comunidades e que sobremaneira pode ter sido a causa desta quebra entre sambista/comunidade /escola de samba, tal projeto será um complemento em horário de contra turno escolar trazendo a baila o que prevê inclusive nossa legislação relacionada a infância, atividades culturais, lúdicas e de cunho artístico.

Quem viver verá !!

Por Cinthia Cristina da Rosa.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *