Vitória – Dicesar Rosa Filho faz suas análises dos ensaios técnicos das escolas: Chega Mais, Tradição Serrana, Jucutuquara, Novo Império, Barreiros e Pega no Samba.

Chega Mais:
A chuva forte que caiu no final da tarde prejudicou o ensaio técnico da Chega Mais. A incerteza quanto a realização ou não do ensaio atrasou ou mesmo impediu a presença de muitos componentes.
Mesmo assim a escola apresentou um bom desempenho, passando bem organizada. O bom samba enredo, na interpretação da dupla de intérpretes Leo Reis e Luiz Felipe, funcionou bem e foi cantado com animação pelos participantes.
Destaque para comissão de frente que encenou uma bela coreografia .
A agremiação enfoca sobre a preservação da natureza, abordando o Rio Amazonas no seu enredo
“Contos e encantos do Amazonas: O Rio da Vida que banha o futuro do Brasil”.
Chega Mais será a quinta escola a desfilar no dia 22 , sexta feira.

Tradição Serrana:
A Tradição Serrana se apresentou apenas com o conjunto musical, com a bateria, sua Rainha Leidi Oliveira, seu Rei Yohj Leão, a madrinha Kouko Miyasaki e uma ala de baianas.
Sendo assim não iremos tecer considerações.
O enredo para o desfile será “ O Grito ecoou … no sorriso e no abraço do negro, a esperança brotou”
A Tradição será a sexta escola a desfilar na sexta-feira, dia 22 de fevereiro

Jucutuquara:
A Jucutuquara encerrou a noite de ensaios técnicos com uma apresentação empolgante e mostrando que desta vez vem para disputar o título também!
A comunidade cantou forte o samba enredo, comandada pelo brilhante intérprete Kleber Simpatia e a Bateria da Nação, com Mestre Junior à frente, dando conta do recado e, além disso, algumas bossas interessantes. A Rainha Schyrley Moura e o Rei Leonardo Bremenkanp deram exibições vibrantes e também trouxeram o público “para dentro” da avenida.
A Comissão de Frente , liderada por Mauro Marques, teve uma performance de alto nível, com uma excelente coreografia de encantar os olhos.
Os diversos segmentos passaram bem organizados demonstrando que a Jucutuquara tem condições de se dar bem no quesito evolução. Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, Rafael e Naymara também foram destaques. A escola será a sétima a desfilar no dia 23, sábado, com o enredo: “O rosário do bispo e seu delirante inventário do universo”

Novo Império:
O ensaio da Novo Império começou quase a uma hora da manhã (devido ao atraso das escolas que vieram antes) mas seus componentes e torcida vieram em grande número. Motivados por um enredo contagiante “De Maria às Marias, uma revolução … um grito de liberdade #presente “, que aborda a situação da mulher nos dias atuais, esse pessoal vibrou e empolgou na avenida.
Celso Júnior , intérprete oficial, e o carro do som puxaram muito bem o ótimo samba enredo, uma composição com parceria apenas de mulheres lideradas por Elizângela Reis.
Comissão de Frente, com o coreografo Andrezinho Castro e Casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, Kleyson Faria e Amanda Ribeiro, também tiveram um desempenho de alto nível;
Enfim a Novo Império também está na disputa pelo título deste ano .
A Novo Império será a sexta agremiação a desfilar no sábado dia 23.

Barreiros:
O grande destaque no ensaio da Barreiros foi Vinícius Moraes (sim, é esse o nome dele) que estreou no Sambão como o “novo” intérprete oficial . (Vinícius tem muitos anos de carnaval nas cordas e como apoio). Seguro, levou com qualidade o excelente samba enredo da agremiação. Apesar do pouco número de componentes a escola passou organizada com poucas falhas na evolução.
O bom desempenho tanto do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, Diego e Thais como da Comissão de Frente podem garantir boas notas nesses quesitos também.
O enredo da agremiação é bem oportuno : “É tempo de amar” e a Barreiros será a segunda escola a desfilar na sexta-feira, dia 22.

Pega no Samba:
Para minha surpresa o samba enredo da Pega funcionou otimamente na avenida. Fernando Brito, intérprete oficial, liderou o conjunto musical e “mandou bem” em parceria com a Locomotiva da Consolação (bateria) que, mesmo sem Mestre Jorginho, teve um ótimo desempenho.
Ótima performance da Comissão de Frente, coreografada por Jorge Maikon, com um bailado sensacional. O casal de Mestre Sala e Porta Bandeira, David Tatu e Milena também fizeram uma boa exibição.
Pega no Samba será a quarta escola a desfilar no dia 23 de fevereiro, sábado, com o enredo “Lenira Borges, uma vida para dança“. Ela que foi a fundadora da primeira escola de dança no estado do Espírito Santo.

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *